Sobre Menage Sexual com Amigos

loucura menage

“Eu e meu ex-namorado estávamos acostumados a mudar todas as sextas-feiras com um casal de colegas. Amy* era dada e sofisticada, e Joe*, seu parceiro independente, era acolhedor e legal. Eles tiveram um relacionamento bem etéreo e todo mundo sabia que ele não tinha sido acatador o tempo todo. Ele chegou em mim algumas vezes – no momento em que nos encontrávamos sozinhos. Parece amedrontador, porém eu o beijei uma ou duas vezes. Além do mais, tinha a impressão de que o relacionamento deles era bem fluido posições sexuais diferentes com imagens reais.

A estranheza da situação aparecia apenas começando, o que viria a se acudir-se excitante nos próximos capítulos. Sua pele era macia e eu adorava a maneira como nossas línguas se tocavam. Joe começou a levar a roupa e começou a se abalar; era uma acontecimento complicado apenas de assistir. Eu aparecia bastante consciente de tudo e logo minhas inibições desapareceram. Eu e Amy começamos a realizar um strip e Joe começou a fazer sexo com ela de quatro. Era como assistir uma pornografia ao acalorado, apenas que bastante mais excitante.

Por isso, eu beijei Joe, enquanto ele continuava a fazer sexo com Amy. Até certo hora no qual ele veio para cima e todos nós ficamos jogados na cama. Joe aparecia no meio e começou a estimular nossos clitóris com cada uma de suas mãos. Não demorou bastante para que eu sentisse as ondas de clímax e ele viesse para cima de mim. Foi aí que Amy saiu da dependência. Joe rolou e acendeu um cigarro, logo após Amy voltou. Eu não tinha abc sobre como ela aparecia se sentindo com aquela situação, porém não precisava me afligir do redtube.

Ela veio em minha direção e estendeu as pernas, começando a adular e abalar meu clitóris. Amy sabia precisamente o que realizar. No fim de semana posterior, nos encontramos de novo e fizemos um ménage mais uma vez. Entretanto, após alguns dias, Amy ligou e disse que não queria que isto voltasse a ocorrer. Lamentavelmente, foi bastante afastado para nós mudar um tempo acompanhados em seguida que tudo isto resultou – e acabei, assim, perdendo-a como amante. Pode ser que não tenha sido a minha bola mais genial, porém com certeza foi uma noite memorável do porno doido.

{ Comments are closed }

Limitação na hora do sexo

Por causa uma pedagogia mais conservadora, é comum que várias crianças cresçam bloqueando movimentos do anca por serem “proibidos” ou inclusive por serem “fruta do crime”. Há similarmente o dificuldade do preconceito, como contou um de meus alunos, que lembrou de uma situação no qual no momento em que era acanhado, tinha um residente que era afeminado ou que via xvideos, o qual constantemente o chamava para achincalhar com os sobrinhos… ele por se sentir mal, uma vez que não queria parecer como o ”solteirão” (que andava com a assento arrebitada) começou a achar-se projetando o anca para frente pensando que dessa maneira ele seria distinto e visto que Isto o tornaria mais másculo.
No entanto, mal sabia ele que, ai começaria uma série de mudanças na biomecânica de seu corpo, levando a uma grande balizamento de movimentos da coluna, apurado a acerto do anca e ajustamento da cafangar, ao inclusive período que aumentou a arco da torácica somada a arremesso da crânio à frente.

Aos 17 anos, ele já sofria de dores na virilha e cafangar e apenas agora, com mais de 30 anos, foi adestrar-se a descansar a musculosidade da coluna, voltando a advir seus movimentos… Sem abordar que, deixar a assento aparecer não altera mais a sua masculinidade, abrangendo beneficios como o abrandamento de tensões lombares. Independente do razão originador do inibição e da balizamento dos movimentos do anca, isto irá complicar a saúde da coluna, enfraquecendo a musculosidade do assoalho pélvico, limitando a arqueadura do anca, dificultando na momento de abancar, especialmente no solo.

vagina rosa

Este inibição ocasiona uma pela certa adormecimento na setor pubianda, sendo que, a liminitação nos movimentos e a falta de flexibilidade pode acudir-se aflitivo o postura sexual das bucetas, chegando a provocar, em casos extremos, a frigidez.

Na maior parte das vezes, isto é uma coisa automático, você apenas vai reparar a diferença depois de corporificar aulas de Pilates, e executando treinos que melhoram essa acoplamento com o corpo, o auto-controle e fortalecimento da musculosidade pélvica.

Ao fazer o Pilates, há uma benefício de flexibilidade e crescimento de cinesia do anca e coluna. Isto irá desbloquear e realizar a advir a força da coluna, reforçar e tonificar o corpo, além de eliminar o stress do dia a dia, no qual passamos a maior parte do tempo sentados ou em pé dependendo da arte.

vagina rosa

É fundamental constantemente julgar no corpo como um todo. Para ele estar bem, a força precisa advir livremente, não podemos deixar algumas exigências ou inclusive não devemos trabalhar apenas outras… tudo precisa estar em imobilidade e em equilíbrio. Evidente que imobilidade ou seja que tudo que é em exagero similarmente é ruim. Uma vida sadio consiste em quantidade corporificar aquela coisa que gostamos de realizar sem dor e sem limitações, sem abusos e sem despossar nossa candura abstrato e física.

{ Comments are closed }

Ejaculação Feminina existe?

Ejaculação

Squirt – esguicho (em Britânico) é o nome dado à “ejaculação feminina”. A percepção é estranha, parece que você está fazendo necessidade e não pode moderar. Porém a ótima explicação é que você pode observar isto como um forma de clímax. Não são todas as mulheres que atingem este forma de clímax. Relatando a minha experiência único eu tive o meu primeiro em seguida dos 30 anos de idade com um parceiro que beirava os 40 e esse de modo algum havia ardente isto antes, além de certificar que apenas havia averiguado em filmes e achava que era “preparação”.

Em seguida dessa experiência do youjizz, eu curiosa como sou, fui demandar para as minhas amigas – TODAS ELAS – se elas haviam ardente uma coisa parecido, curiosamente a maior parte delas teve EFETIVAMENTE, a análogo experiência, porém do mesmo jeito que eu, após certamente tempo de vida sexual ativa. De qualquer maneira, o anotação foi unânime: O clímax clitoriano é BASTANTE melhor, porém em compensação o homem se sente bem e encontra-se BASTANTE mais feliz se “squirtamos”- visto que é mais aparente, como no clímax masculino, então, acreditam que é mais agradável.

Esse líquido é criado por glândulas paraneurais e expelido pela uretra, ele é aborrecido e inodoro, um tanto mais apurado que a água, a liberação desse alvo se acontece no momento em que se pode estimular uma glândula dentro da boceta, o que alguns chamam de PONTO G. Seria como achar o botãozinho do clímax, o algo!!! porém ninguém possui o catálogo da amor, varia de mulher para mulher e várias vezes se descobre por acidente! mallandrinhas

–veja como é o sistema garanhão clicando aqui. Sabia que podemos ejacular de 20 ml a 1.500 ml? (eu não sabia) Mulheres: Não se preocupem se vocês não ejaculam dessa forma, especialistas afirmam que a minoria das mulheres possui orgasmos desse forma. Homens: O coito pode ser bom para ela inclusive que ela não tenha um clímax. Eu optei por não colocar fotos de “squirt” ou vídeo aqui, uma vez que o conteúdo é apontado pornográfico, porém para as mais curiosas, recomendo utilizar as ferramentas de procura da internet, busquem por: squirt ou squirting xxxvideos.

{ Comments are closed }

Como eu me Tornei Local Independente em Barcelona

barcelona

Como eu me Tornei Local Independente em Barcelona

Cheguei em Barcelona, em Maio de manhã, na estação ferroviária de Sants. Eu tinha viajado partir de Madrid, em um trem noturno. A realidade era que eu tinha deixado o meu trabalho como professora de inglês, meu apartamento e meu namorado atrás de mim. Com um total de 400 euros para o meu nome, determinado a não dar outra lição de inglês, enquanto eu vivia.

Em Barcelona, eu queria cumprir o meu sonho de se tornar um representante de vendas de exportação. Eu estava determinado a usar o meu idiomas para viagens e morar em minha cidade favorita. Embora eu estava ansioso para sair de ensino do mundo, eu percebi que as condições de trabalho no setor acadêmico não foram de todo ruim. Mas que tinha sido o caso na linguagem de academias, de onde eu a havia ensinado, em Madrid. Eu teria que fazer um monte de vendas para ganhar qualquer coisa como uma vida decente na minha nova cidade.

Eu tinha trabalhado em uma ampla variedade de diferentes trabalhos em diferentes setores ao longo dos anos. No entanto, eu descobri que trabalham em Barcelona, foi um desafio. Com longas horas de trabalho, os baixos salários e a estabilidade do ponto zero, não me surpreende que muitos dos meus conselhos de amigos desistiram logo no Barcelona e retornam para seus respectivos países. Sua exigência para mais estável, oportunidades de emprego e melhores condições de trabalho, cancelamos o clima terrível, eles invariavelmente encontrada quando eles foram para casa.

Eu, por outro lado, ficaram colocados e ampliar a abundância de sangue, suor e lágrimas para fazer uma vida em Barcelona. Foi a 8 anos atrás, quando eu decidi tornou-se um blogueiro. Naquela época, eu estava trabalhando em imóveis de luxo e meus clientes estrangeiros tornou-se uma grande fonte de inspiração para mim. Muitos deles foram de localização independente. Eles trabalharam on-line e eles poderiam conduzir seus negócios de qualquer lugar do mundo. Eles escolheram viver no Barcelona, porque eles adoravam a cidade, gozou a sua comunidade de expatriados, abrigado do sol e saboreou todas as outras vantagens que ele tinha para oferecer.

Naquele tempo, a crise financeira global foi uma triste realidade. O mercado de trabalho foi abismal e eu decidi que era o momento certo para configurar o meu blog. Eu estava motivado por meus clientes que tiveram sucesso as empresas on-line e a minha principal intenção era a de imitá-los. Depois de um tempo, recebi uma proposta de uma editora que queria produzir o meu primeiro livro. Eu encontrei-me a desfrutar de vários prima colaborações bem, então eu re-priorizados meu blog por um tempo e me concentrar em escrever sobre sexo para vários meios de comunicação aqui na Espanha como GQ, El Pais e Playboy.

Antes eu sabia, eu tinha tornou-se normal freelancer. Em seguida, em 2015, decidi ampliar meus horizontes e de minhas ambições. Em vez de restringir-me ao mercado de língua espanhola, eu decidi ir global e produzir mais conteúdo em inglês. Confesso que eu estava um pouco nervoso sobre isso em primeiro lugar, porque a escrever em espanhol, foi uma grande libertação para mim, especialmente quando se trata de falar sobre sexo. Como o tempo passa, sinto-me a colaborar com uma diversificada e surpreendente coleção de empresas de todo o mundo. Devo admitir que não tenho absolutamente nenhuma idéia o que está acontecendo na Espanha, em termos de direitos do trabalho e eu não sinto a necessidade de encontrar. Neste caso, a ignorância é felicidade para mim. Estou extremamente feliz por estar em uma posição onde as rupturas na economia espanhola já não me afeta da maneira que eles usaram. Eu fiz minha própria vida profissional e definido em um contexto global.

Eu estou tão contente de ter uma situação profissional que significa que não tem que sair de Barcelona como muitos dos meus conselhos de amigos fizeram. Até agora, eu fiz o trabalho para mim. E, mesmo que eu não tenha em Barcelona, o tempo todo, eu acho que eu deveria fazer a maior parte do meu liberal, situação profissional e viajar mais vezes. O único problema que eu tenho é que eu amo esta cidade, tanto que acho que é tão difícil arrastar-me para longe dele.

{ Comments are closed }

Como achincalhar sozinha

Clímax Afeminado

Como achincalhar sozinha Princípio, meio e fim: Apenas é possível achincalhar com indivíduo se antes você gozou sozinha! É como apresentar-se indivíduo para permitir uma volta de magrela, se você não de modo algum andou sozinha, encontra-se complicado provocar indivíduo juntamente com você. Mulheres que se conhecem na abuso, que desfrutam dos próprios prazeres, que se masturbam, possui maiores chances de ter orgasmos com seus companheiros ou companheiras. Até hoje, em rodas de conversas, abordar da masturbação masculina é uma coisa mais comum que abordar da feminina. Qual foi a última vez que você viu qualquer mulher comentar que se masturba? Bimba a você mulher, não deixe de lado esta capacidade. Acendedor constantemente as mulheres a se alegoria erotizarem, a se masturbarem, a se estimularem da melhor maneira que acharem. Mulheres que se masturbam possui a propensão a adiantar melhor os prazeres da vida, em mais âmbitos, além do coito até mesmo. É feito que, quem se masturba com agradar, possui a propensão de analisar a vida também mais agradável.

{ Comments are closed }

Como ter mais agrado?

Como ter mais agradar?

Você já se perguntou visto que é tão bom alimentar-se aquele chocolate, acatar aquela som e fazer sexo com a indivíduo que você escolheu e melhor também se estiver fascinado? A percepção é de bastante agradar. Certamente?
Antes de permitir dicas de como você pode ter mais agradar na momento do coito, vamos supervisionar o visto que ficamos com aquela percepção ótima depois de um bom coito, ou aquela deliciosa pospasto. Como sentir mais agradar Efetivamente, a setor do cérebro que é ativada é a mesma e o mecanismo empregado é o sistema de compensação. Não é por acaso que buscamos cada vez mais e mais ter agradar e, viver aquela percepção de bem-estar que sentimos no acme do coito. Agora que você já sabe que estamos a busca de memorizar aquelas sensações que nos remetem ao agradar. Vamos ter agradar, bastante agradar!

{ Comments are closed }

Por que nós fingirmos os orgasmos?

orgasmo-femenino

Por que nós fingirmos os orgasmos?

Você já se perguntou alguma vez… Quais são as razões que nos levam a fingir orgasmos? Ou talvez… Acaso produz mais curiosidade de saber se realmente são tão fáceis de simular? Como mentem mais os homens ou as mulheres? E, mais importante ainda… Haveis fingido alguma vez algum?

Antes de começar a analisar estas questões, seria importante definir o que é exatamente um orgasmo… E, para fazê-lo, o primeiro seria eliminar a palavra “exatamente”, já que não significa “exatamente” o mesmo para tod@s, nem se manifesta da mesma forma.

Em termos gerais, poderíamos resumir o orgasmo como o momento máximo de prazer sentido durante a relação sexual. Seria o clímax, o momento em que sabemos que não podemos sentir algo mais intenso, o que não podemos ir “mais para cima”. É o momento em que liberar toda a tensão mental e muscular que temos vindo a acumular ao longo da excitação prévia. E, de acordo com Masters e Johnson, corresponde à última fase da resposta sexual.

Então…

O são fáceis de fingir?

Se nos baseamos na demonstração de Meg Ryan no filme Quando Harry encontrou Sally, a resposta seria afirmativa. Mas vamos mais além da demonstração visível da conduta. A forma em que cada um@ expressamos a emoção experimentada durante o orgasmo varia em função da personalidade, do momento, da companhia sexual, do lugar, do estado de estes em que nos encontramos… e cada um desses fatores pode resultar em orgasmos expressos com gritos, lágrimas, gargalhadas ou com o silêncio mais absoluto.

ponto g

Seria um grande erro associar o gozo o grito. E, embora seja verdade que muitas vezes andam de mãos dadas, não são a única equação possível. Os filmes pornográficos têm parte de culpa nesta crença generalizada, já que quanto mais gritos, gemidos e expressões exageradas que se dão, maior é o orgasmo e o prazer representado pelos atores.

Assim, se nos baseamos neste estereótipo da expressão de sons, especialmente de imperativos (sigueee sigueee, Não pares!) e de todo o tipo de advérbios (afirmativos (sim síiii), de lugar (ai ai!), de modo (assim…) e temporais (¡.!)…), a resposta seria, sim, podem ser fáceis de fingir.

Mas não há que esquecer que o corpo está envolvido no ato, e este já não é tão fácil de controlar, a nível de sistema nervoso.

A nível físico, em ambos os sexos, as batidas cardíacas e da respiração chegam à sua máxima frequência e intensidade, ocorre uma grande tensão muscular e são contrações involuntárias das zonas genitais (pênis, músculos vaginais e útero) e das zonas vários e anais. Podem-Se observar também vários manchas, em determinadas áreas da pele e dilatação pupilar. E isso já é mais difícil de fingir ou autoprovocarse…

Além disso, fisiologicamente falando, poderíamos afirmar que os homens seria ainda mais complicada esta opção, já que a ejaculação ocorre muito poucos segundo depois de sentir o orgasmo, de modo que, a não ser que o homem em questão esteja muito treinado no reflexo eyaculatorio e possa travar esta acção sentindo a sensação, mas controlando a expulsão do líquido seminal, ou que se produza uma ejaculação retrógrada (o líquido seminal não é expulsa pela uretra, normalmente dirige-se para a bexiga e pode ser ejectado mais tarde, durante a micção, por exemplo), seria mais complicado fingirlo. Sem esquecer, que pode ocorrer que o homem eyacule e, em contrapartida não tenha sentido nenhum tipo de prazer.

As mulheres, ao ter os órgãos genitais internos, é mais difícil, mas não impossível, poder apreciar se o orgasmo é real ou não, já que nem todas as mulheres ejaculam ou lubrificam da mesma forma. Assim que elas que têm mais facilidade na hora de mentir, e por essa razão, também o fazem mais.

Por que você finge?

Em uma relação sexual, onde a finalidade deve ser o desfrute de todo o ato em si, não apenas do momento do orgasmo, o ideal é não fingir, já que desta forma não estamos indicando a nossa@ quartos@ sexual o que realmente gosta, coisa que jogar contra nós. Mas, mesmo assim, continuamos fazendo. Por quê?

Os motivos pelos quais nós fingirmos os orgasmos são muito diversos:

Por cansaço: Nós já tivemos um orgasmo (ou não) e nos apetece acabar. Fingir é dar aos casais sinal para indicar que termine. Damos-lhe permissão para terminar.
Por tédio: Exatamente igual ao ponto anterior, mas em vez de estar cansadas, estamos aburridas.
Para evitar a frustração do casal: Embora a razão de fundo seja bienintencionada, nós estamos carregando a sinceridade, o que ainda é pior se é um parceiro de longo curso. Com a simulação de orgasmo, nosso quartos a acreditar que está nos estimulando bem, o que reforçará a sua conduta de forma positiva, mas o que conseguimos é que nos estimule sempre dessa maneira que, no fundo, não é a melhor para facilitar o orgasmo, será que vendo Videos porno, o orgasmo realmente é verdadeiro?
Por insegurança própria: Queremos ficar bem de frente para a pessoa com que estamos tendo sexo e mostrar que podemos dominar perfeitamente a realização de nosso orgasmo. E, embora não seja bem assim, representamos. Um grande auto-engano. E agora vem a pergunta importante: Haveis fingido um orgasmo alguma vez?

Se o fizestes, plantearos o motivo. E lembre-se é uma situação pontual ou de mais longo curso. A razão do engano vos dará as pistas para poder colocar remédio, já que o mais importante em uma relação sexual, é aproveitar e se não o fizermos, o melhor para nós, encontrarmos a dificuldade e dar-lhe solução.

Melhorar a auto-estima, a assertividade e a comunicação sexual são as ferramentas básicas.

Vivam os orgasmos reais e sentidos!

{ Comments are closed }

Conheça as Posições Sexuais que Chegam mais fácil ao Orgasmo Feminino

Por que é mais complicado alcançar ao clímax da mulher?

6 posições sexuais para sair da cotidiano Dicas para assistir o clímax afeminado Eu sei que para várias mulheres esse não é assunto possível. Eu similarmente passei por esta situação, o clímax parecia uma coisa bastante distante da minha vida sexual, porém após algumas dicas que vou te mudar aqui eu mudei meu adágio e a coisa começou a acontecer… Eu tenho certeza que você vai acabar esse artigo com outro adágio similarmente! mulher feliz clímax afeminado De acordo com estudo do Projeto Erotismo do Clínica das Clínicas da USP, um terço das brasileiras sexualmente ativas de modo algum chegou ao acme ao longo o coito, nem sequer inclusive com masturbação. Essa alíquota é muito significativa e fui investigar mais a fundo dados de mais países. Na Inglaterra, tendo como exemplo, essa porção é também maior. Lá, 80% das mulheres acima dos 18 anos de modo algum atingiu o clímax. Porém visto que será que, também hoje em dia, após tantos avanços sociais e conquistas das mulheres, o coito também é uma abacaxi pouca explorada e o agradar afeminado tão negligenciado?

No meu ponto de ideia, podemos catalogar alguns elementos que tem influencia nessa existência. O primeiro deles está relacionado aos princípios sociais arcaicos que também prevalecem na agremiação, e é na infância que as mulheres começam a ser tolhidas da própria erotismo. Há um adágio bem comum e que eu tenho certeza que você vai se advertir de qualquer acontecimento parecida. Na idade de 3 a quatro anos, no momento em que as crianças começam a analisar cada parte do seu corpo e as distintos sensações que elas proporcionam, é comum que se toquem nas exigências íntimas, inclusive que não associem a atuação com o coito em si. Os adultos, por sua vez, repreendem essas atitudes, especialmente no momento em que as meninas apresentam este comportamento. “Atilho a mão daí”. “Isto é abjeto, não pode realizar”. A partir daí, inconscientemente, a criança associa a aceitação da sua erotismo como uma coisa ilícito, abjeto e mal averiguado pelos mais. O resultado vem mais tarde. No momento em que se tornam mulheres, elas não conhecem o próprio corpo visto que foram desencorajadas a explorá-lo ao longo todo o seu desenvolvimento e pedagogia, e abrange maiores chances de possuir uma vida sexual sem agradar e apontada para agradar os desejos do parceiro. Outro administrador fundamental e que tem influencia na falta de acessibilidade do clímax afeminado é a indústria pornô, em sua grande maior parte com produções voltadas para o público masculino.

Isto visto que, nos filmes, os orgasmos femininos são cinematográficos, e passam uma ideia, várias vezes, distorcidas sobre o hora do acme, com gemidos excessivos e demonstrações de agradar aproximadamente impossíveis de acontecerem na vida atualidade. Essa aclaramento acaba frustrando as mulheres, que, em sua vida sexual, nem sequer de afastado se identificam com as cenas exageradas que são retratadas nos filmes pornôs. aborto sexual Por que é mais complicado alcançar ao clímax afeminado? Além dessas questões, há outra explicação para que as mulheres tenham dificuldades de alcançar ao clímax. Você, com certeza, já percebeu que a sua excitação é distinto da do seu parceiro, certamente? Isto ocorre visto que o gatilho ocorre de maneira conforme à realidade distinto entre os gêneros. Enquanto o homem necessita que seu corpo bombeie 10 ml de sangue para o bimba, nós, mulheres, por conta da dificuldade do órgão sexual, precisamos de uma porção 20 vezes maior, isto é, 200 ml de sangue para ficarmos excitadas. Por causa disso que, o aguilhada afeminado é um tanto mais alongado, e, juntamente com os elementos emocionais, como a autoconfiança e altivez, é tão primordial para que nós chegue ao clímax. Porém há algumas posições sexuais que favorecem as mulheres, e são capazes de favorecer o agradar afeminado. Eu listei 6 delas para que você prove e aprove.

Vamos lá? 6 posições sexuais para alcançar ao clímax mais acelerado

1. Pai e Mamãe

papai e mamae posiçao sexual

 

De nada adianta desejar realizar todas as posições sexuais do Kama Sutra em procura do clímax afeminado se você não conhecer, e bem, as posições tradicionais. O pai e mamãe é um bom adágio de acomodação banalidade muito agasalhado para nós, mulheres, porém que no momento em que bem exploradas, não deixam o coito nada aborrecido. Lhe, o bimba alcança a parte antecedente da boceta, um dos maiores pontos de excitação para grande parte das mulheres. Uma orientação que eu dou para apimentar a acomodação é que você estimule a buceta ao longo a agudeza, o que vai deixar o seu camarada louco de atração ao analisar que você está se masturbando. acomodação pai e mamãe

2. Cowgirl ( Vaca Louca )

cowgirl

O seu parceiro encontra-se assentado e você senta em cima e de frente pra ele, entrelaçando as pernas em sua cerca. A grande proveito dessa acomodação além do bimba assistir a parte antecedente da boceta, é o aguilhada do clitóris pela fricção com o púbis do seu camarada, o que favorece, e bastante, o clímax afeminado. Além da abacaxi física, há similarmente a capacidade de analisar a imaginação, já que o atenção do atenção acarretado pela acomodação excita e auxilia a apimentar o coito, e por pleito disso, é uma das posições sexuais preferidas entre homens e mulheres. acomodação para clímax afeminado

3. Cavalgada

rebolando

Ao contrário O nome da acomodação é surpreendentemente acatador aos movimentos que você vai abraçar ao longo o coito, isto é, você vai estar no controle, porém sob uma nova auditiva. Com o seu parceiro deitado, sente sobre ele de costas e descubra nessa acomodação o acme do agradar. Além do fetiche de os dois pela agudeza por após, o óptica com que o bimba entra é perfeito para assistir o clímax afeminado.

Pode abonar em mim: você vai achar que a cavalgada é o seu esporte adotado. cavalgada ao contrário

4. De Ladinho

de ladinho

A colher em aflição nada mais é que a famosa conchinha, que pode até parecer meiga pelo nome, porém é capaz de acordar sensações quentes e picantes. A proveito é que essa acomodação não possui chave de boquilha e também possibilita carícias dos mais diferentes tipos, além de ser uma das posições sexuais mais confortáveis para o casal. Enquanto seu corpo está em contato com o seu parceiro, que análogo uma masturbação, beijos na aba e mordidinhas na cachaço? É o combo perfeito para que você chegue ao clímax sem grandes dificuldades. acomodação colher em aflição xvideos amador

5. Abrigo forçado

encaixando

Eu conheço pouquíssimas mulheres que não gostam da famosa acomodação de quatro. Ela de fato é uma preferência nacional por diversas questões, como a percepção de algema e a agudeza profunda. Porém e se eu te disse que você pode ter tudo isto e também realizar com que o seu ponto G seja abrasado?

Com a acomodação abrigo forçado, uma alteração da clássico, você se deita inteiramente e agremiação as pernas o máximo que conseguir enquanto o seu parceiro encontra-se em cima de você. acomodação abrigo forçado

6. Dominadora

dominadora

Para as mulheres que gostam de ter o controle, até mesmo na cama, aqui está a acomodação ideal para deixar o seu parceiro louco de atração, e você similarmente, já que o quantidade de aconselhar o periodicidade do coito é seu. Se quiser se agitar na imaginação, encarne uma dominadora e canhão para que seu parceiro estimule o seu clitóris. As sensações que você vai analisar vão realizar você desejar repetir essa acomodação outra vez, outra vez e outra vez. acomodação dominadora do xvideos

Dicas para assistir o clímax afeminado Além das posições sexuais que propiciam o clímax afeminado, alcançar ao acme não depende apenas de uma coisa física e de agudeza.

Por causa disso, vou te permitir mais algumas dicas para que você tenha cada vez mais agilidade em sentir felicidade ao longo o coito. Estar relaxada é uma das alegações para um bom coito que tenha como conclusão o clímax. Por causa disso, ao ir pra cama, deixe fora dela os complicações ou qualquer adágio que não seja alusivo aquele hora.

A excitação depende similarmente de elementos psicológicos que apenas serão possíveis se você estiver agasalhado e relaxada. Qual mulher não possui uma ou duas coisas que apreciaria de desviar no seu corpo? Eu inclusive poderia enumerar uma série de pequenas mudanças que, para mim, teriam um resultado absurdez no meu corpo, porém que para meu parceiro seriam somente detalhes e que não fariam a menor diferença na nossa vida sexual. Por causa disso, vá por mim: a nossa altivez é bastante mais fundamental que ter um corpo ideal para que nós se sinta agasalhado no coito e possa adquirir o clímax. mulher no espelho O chave para que qualquer relacionamento dure é a comunicação entre o casal.

E ela similarmente necessita ser praticada na cama, caso contrário, o coito corre o perigo de despossar grande parte do seu potencial. Não espere que o seu parceiro adivinhe o que você delonga dele, ou qual acomodação se sente mais agasalhado. Para que você chegue ao clímax, é necessário que você o guie e como tudo o que pretende. Além de ser didática, essa pode ser uma maneira de achincalhar com fantasias e apimentar também mais o coito. Você já ouviu abordar no pompoarismo? Essa atividade física íntima é capaz de realizar milagres no momento em que o assunto é sentir e oferecer agradar na cama. Isto visto que, no momento em que você possui o controle dos músculos da sua boceta, pode acrescentar também mais a agudeza, aplicando mais ou pouco pressão no bimba do parceiro

{ Comments are closed }

O sexo anal é um tabu em pleno século XXI?

tabu

O sexo anal é um tabu em pleno século XXI?

Falamos sobre a terceira prática sexual mais comum do mundo, mas continua a ser muitas vezes um enorme tabu em nossa sociedade. Quando falamos com os colegas de trabalho e amigos, nos encontramos muitas vezes com pessoas desejosas de praticá-lo, mas com preconceitos, vergonha e por que não dizer?… o que nojo! O que serve para evacuar pode dar prazer? Sim, estamos falando do sexo anal.
Quais são os tipos de clientes se aproximam de nossa loja com a intenção de praticá-lo, mas com algum tabu?

O homem hétero que quer um lubrificante muito poderoso, porque sua namorada não gosta de sexo anal. Como dói só de lê-lo, verdade? Nestes casos, costumo perguntar: “se não gosta, por que você quer fazer?” Depois de deixá-lo pensar duas ou três segundos, encorajo-o a encontrar a forma de que a sua menina gosta. O lubrificante é muito importante no sexo anal, isso é certo. Nessa área não se lubrifica nunca. Por muita vontade que tenhamos, se praticamos sem lubrificante podemos nos fazer dano. Mas sem vontade é bastante impossível poder fazê-lo sem morrer de dor. A primeira coisa que aconselho ao homem ansioso de penetrar a sua menina é que você deixe a sua menina lhe penetre a ele (pode fazê-lo com um dedo ou um dildo). Depois de uma mini pausa de reflexão, o cara já interessado me pergunta como é que se pode fazer para que não doa. O Bravo! Custou mas vamos por um bom caminho.
Nosso traseiro é como a casa de um vampiro, se você não pedir permissão para entrar, você pode sofrer. Mas, como há que chamar as suas portas?

A) com um dedo.
B) com a língua.
C) com um brinquedo especializado para tal e se é com vibração, melhor.

Depois de fazer a ligação durante um bom tempo ao timbre (isso pode ser meia hora ou um ano e meio atrás), toca-nos entrar. O burro não funciona como uma porta de qualquer um onde enfiar a chave na fechadura e entrar sem mais. Não. Há que dar muitas voltas à chave e abrir mais de uma chave para poder passar. Por isso vão tão bem os dildos com bolinhas ou as bolas tailandesas. De alguma forma, nos colocam desafios. Hoje consegui meter 2 esferas, amanhã igual entram 3.

Uma vez aberta a primeira chave, chega o momento que eu chamo de “cambiazo estilo Indiana Jones”. Esse momento que mudamos o dedo ou brinquedo por um plug. Um pequeno plugue anal. Para começar, é muito recomendável praticar sexo com penetração com o plug posto no ânus. Intensifica muito o prazer, ajuda a dilatar-se e, de alguma forma, nos relaxa. É como deixar a chave pôr sem agobiarse por entrar. Com o tempo, este plug pode ser trocado por outro maior, até o dia em que você vai perceber que seu pau já está pronto para entrar dentro. Como vedes, não é um processo nem fácil nem rápido. Se pretendemos entrar saco, sem tocar a campainha, é quando nos dói e o que não gostamos. Então, se quereis que vosso casal faça algo e vos dá a sensação de que não há muita graça, deixar que ela vos o faça antes a vós. Isso lhe dará confiança e a vontade de fazê-lo.

A pessoa envergonhada. O praticou, sabe que gosta, mas dá muita vergonha de falar sobre isso e até mesmo fazê-lo. Para essas pessoas, o melhor é a Internet. Há inúmeros brinquedos para encantar a nossa zona anal. Milhares de lubrificantes e dilatadores. Não deixe que a vergonha se possa. Esta prática é mais antiga que o mesmo sexo. E não há que associar a homossexualidade entre homens como muita gente pode acreditar. Foi utilizado muitas vezes para evitar a gravidez entre casais heterossexuais. Ou seja, se você é hetero e você gosta de sexo anal, não acredite em nada que você é gay. Nada que ver simplesmente faça videos de sexo e jogue na net, para provar que você realmente não é homo.

A pessoa que dá nojo. Essa solução é fácil. Se você é uma pessoa modesto, não praticar sexo anal de forma improvisada. Você tem que trabalhar um pouco antes. Ir de barriga e limpar toda a área interna com uma ducha anal. Você vai se sentir muito mais confortável e relaxado, se você sabe que não pode aparecer nenhuma surpresa, a porta traseira.

Para resumir. Todos temos um. Homens e mulheres, heterossexuais ou gays. Todos nós podemos gostar ou não, e não a todos por igual. Tome o seu tempo, eu sei progressivo e constante. Se você pode limpar a área, uma hora antes, e ajudá-lo com algum brinquedo sexual melhor. E para terminar, como seu pau é muito grande e jamais poderá abrir essa porta. Não acontece nada. Não se pode ter tudo. E se o caso é o contrário, pois as vantagens de tê-la pequena. Se é que o que não se conforta é porque não quer.

{ Comments are closed }

Sexo pode ser prejudicial ao relacionamento!

relacionamento-toxico

O coito pode ser utilizado de forma abstenção, do mesmo jeito que qualquer outra maneira de correlação pode ser usada dessa maneira similarmente.

A erotismo pode ser vivida de um modo alcoólico, em um comportamento de se alegoria abater, analisar e anular.
É bastante fundamental que você saiba identificar se o que quer é inclusive fazer sexo ou se na realidade está buscando um colinho, uma ótima conversa, um conforto pra uma cena desfavorável. Muita gente confunde e acaba banalizando aquela coisa que de fato está sentindo.

Efetivamente, coito é admirável, porém pode ser contrário se o usarmos como cunha de troca, como muleta e como uma maneira confusa de acolher achacado. A liberação sexual, as novas ideias abertas são sensacionais efetivamente, quantidade desfrutar das sensações do próprio corpo é sair da cadeia. Porém, ser refém do consumo que fazemos dele é ser trancafiado na mesma cadeia da qual acaba de abalroar asas.

Sabe no momento em que você pretende afeiçoar-se aquele carinha ou aquela criança, possui desejo de ir ao casa de mão acostumada, pretende abronzar um dia com os colegas juntamente, assistir filme grudado no sofá, abordar sobre seu dia e demandar sobre o dele e você por isso cd a todas as investidas sexuais esperando que num belo dia possa viver tudo isto? E no momento em que se acontece conta nem sequer pensa mais se está com desejo daquele coito, nem sequer daquela acomodação, nem sequer de mais um acervo de coisas, visto que não se questiona e acha que um dia vai acontecer o amor. E isto se repete inúmeras vezes e você nem sequer necessita mais utilizar brinquedos sexuais, uma vez que já virou o próprio. Isto ocorre demais! E a única certeza é a aborto.

Questione-se! Faça uma alimpadura pelos teus sentimentos pra analisar se de fato apenas o coito é bastante nessa correlação, se não for, se respeite-se e se for se joga e desfruta. Constantemente o amor próprio rúptil faz com que a indivíduo se coloque em situações que poderiam ser evitadas se existisse mais conhecimento sobre as emoções e mais aconchego por si inclusive.

Fazer sexo pra adulterar, resistir, moderar, chantagear indivíduo é o autorização a favor aflição. Se você identifica esse comportamento preste atenção e reavalie suas atitudes. No consultório eu recebo mulheres e homens (mais mulheres que homens, pode ser que por questões culturais) que usam do coito de forma nociva e os sentimentos entre eles são muito comuns: aflição, percepção de estar cabisbaixa, de ter sido utilizado, arrependimento, abatimento. O autoconhecimento é essencial para que você perceba esse forma de comportamento. Fazer sexo sem ter desejo, fazer formas de coito sem estar agasalhado, deixar que desfrutem do seu corpo sem isto te resultar bem-estar e agrado é um modo de se violar, de mostrar pouco atenção e aconchego consigo inclusive.

E por isso voltamos pra aquele banalidade que diz que nós apenas é adorado por indivíduo no momento em que pode se acasalar. Eu atadura que os clichês há visto que eles falam verdades bem fortes. É admirável analisar indivíduo curtindo sua erotismo com liberdade, cuidando da sua saúde e se preservando. As indivíduos que possui uma vida sexual ativa são mais dispostas, alegres, bem-humoradas, a partir de que elas estejam fazendo coito por desejo, respeitando seus arraias físicos e emocionais.

Ocasionalmente comprometer-se quem não pretende ficar pra não ter que aguentar com a acanhamento da abalada é a acabamento do autorrespeito e do auto-amor. A verdade dói, porém em seguida liberta, a vida é curta pra consumir e o corpo é o equipamento mais admirável do universo, a aposento da alma e dos desejos. E esse artigo pode ser um aceno pra você julgar se está sendo tão agradável com si inclusive(a) como quer que os mais sejam.

{ Comments are closed }